Governo apela à urgente limpeza das matas e combate mais profissional

Posted by

Vila Nova de Poiares vai ter uma equipa EIP (Equipa de Intervenção Permanente) de cinco bombeiros recrutados entre o corpo de Bombeiros Voluntários do concelho.
Para assinar o protocolo, entre a autarquia e a Autoridade Nacional de Proteção Civil (ANPC), deslocou-se ontem a Poiares o ministro da Administração Interna, Eduardo Cabrita. Ficou definido que a referida equipa vai funcionar por um período mínimo de três anos, com um orçamento anual de 75 mil euros, valor pago de forma repartida entre o autarquia e a ANPC.

Faixas de limpeza de mato
Na ocasião, o ministro adiantou o conceito de “Aldeias Seguras”, o que só é possível com a limpeza de vegetação em faixas de 50 metros em redor de casas e de 100 metros em redor das aldeias, a executar até maio, pelos proprietários dos terrenos, mas também por todos os restantes agentes, sejam da proteção civil, autarquias, empresas públicas ou concessionárias de infraestruturas ferroviárias ou rodoviárias.
O ministro da Administração Interna referiu, por outro lado, que existem no país 166 equipas EIP, sendo constituídas mais 40 até junho de 2018, de que a primeira do ano foi a de Poiares.
Autarca empenhado
O presidente da câmara, João Miguel Henriques, explicou que a EIP ontem constituída terá funções “de acordo com as necessidades, de forma a garantir a atuação em todas as situações, sejam tarefas de formação, tarefas de reconhecimento de locais de risco e zonas críticas, limpeza e manutenção de equipamentos, viaturas e instalações, e emergência e socorro às populações, em que tal se considere necessário”.

Notícia completa na edição impressa de hoje

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.