Agricultores do Centro pedem 70 milhões para recuperar dos incêndios

FOTO LUSA/PAULO NOVAIS

Os agricultores e produtores florestais da região Centro, representados pela ADACO – Associação Distrital dos Agricultores de Coimbra, Confederação Nacional da Agricultura (CNA) e Movimento de Apoio às Vítimas dos Incêndios de Midões (MAAVIM) reuniram-se ontem com a Direção Regional de Agricultura e Pescas do Centro (DRAPC) para ouvir as respostas às reivindicações sobre os apoios referentes aos prejuízos causados pelos incêndios de junho e outubro.

Os agricultores reclamam prazos mais alargados para as candidaturas simplificadas até cinco mil euros de prejuízos. Queixam-se também de discriminação face a outros setores de atividade. Para a ADACO, “há um desprezo do ministro da Agricultura pelos agricultores afetados”, num “quadro de apoio encapuzado que exige demasiada burocracia para dificultar o acesso aos fundos”.

Versão completa na edição impressa

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.