Nuno Peres considerado o cientista português mais citado no mundo

Posted by

FOTO DR

O físico da Universidade do Minho (UMinho) Nuno Peres é o cientista português cujas publicações científicas são mais citadas no mundo, segundo a lista “2017 Highly Cited Researchers” da Clarivate Analytics, citada em comunicado da academia minhota.

De acordo com aquela lista, que inclui 3.500 cientistas de todo o mundo, dos quais nove portugueses, os artigos de Nuno Peres têm 21.684 citações nos últimos 20 anos, sendo cada artigo citado em média 278 vezes.

A instituição minhota realça ano comunicado que a presença de investigadores nacionais naquela lista “tem muita relevância, pois constitui um indicador da qualidade e do impacto internacional da ciência feita em Portugal”. E é, acrescenta, “um dos critérios para realizar rankings de instituições de ensino superior”.

O trabalho de Nuno Peres é, segundo o texto, “assim valorizado mundialmente e confirma que a estratégia da UMinho tem sido bem-sucedida, em particular do seu Departamento de Física e Centro de Física, os quais intensificaram esforços em investigação e visibilidade internacional”.

Nuno Peres é professor catedrático e vice-presidente da Escola de Ciências da UMinho e o primeiro físico português a dedicar-se, desde 2004, à investigação do grafeno, a forma bidimensional do carbono com potenciais aplicações na eletrónica, na fotónica, nos materiais compósitos, nos sensores e nas ciências da vida.

Com 50 anos, natural de Arganil, Coimbra, é coautor do artigo de revisão mais citado sobre o grafeno, editado pelo jornal Reviews of Modern Physics, sendo coordenador do único projeto nacional do Graphene Flagship, um dos dois maiores programas científicos europeus em curso, com 500 milhões de euros de investimento.

One Comment

  1. Luís Miguel says:

    E já agora apontam-se as potencialidades do grafeno no fabrico de preservativos.
    Pode ser que seja desta que as pessoas passem a ter sexo mais seguro.
    Ver sobre preservativos e grafeno em artigo de imprensa aqui: http://theconversation.com/graphene-condoms-super

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.