Fogo em Condeixa-a-Nova destruiu áreas de olival e vinha

Posted by

O incêndio que deflagrou no domingo no concelho de Condeixa-a-Nova consumiu vários olivais e muita área de vinha, disse à agência Lusa o presidente do município.

O fogo, extinto cerca das 06H00 de hoje, consumiu uma área entre 20 a 25 hectares, mas não causou vítimas, adiantou Nuno Moita.

As chamas tiveram início no domingo, por volta das 16H30, na localidade de Poço, na freguesia de Zambujal, e alastraram até à zona de Cernache, junto ao IC2.

Segundo o autarca de Condeixa-a-Nova, as povoações de Alcabideque, Atadoa e Vessada foram as mais afetadas pelas chamas, havendo a registar muita área destruída de olival e vinha.

Entre os estragos causados pelo incêndio, Nuno Moita destaca também a destruição da infraestrutura de um campo de tiro e um barracão agrícola.

O fogo acabou por não consumir a mata da Bufarda, onde se situa uma grande mancha de pinheiro manso, devido à intervenção dos operacionais no terreno, acrescentou o presidente da Câmara.

“As chamas andaram muito perto das povoações e esse foi o grande problema”, sublinhou o autarca.

Neste momento, encontram-se no perímetro da área ardida cerca de 50 operacionais em ações de rescaldo.

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.