Bombeiros de Cantanhede feridos em Arganil não correm risco de vida

Posted by

Os dois bombeiros voluntários de Cantanhede que ontem sofreram ferimentos no concelho de Arganil – quando estavam no combate a um incêndio – estão livres de perigo.

António Garcia, de 41 anos, e Rui Maurício, de 38 anos, mantinham-se ontem, ao fim da noite, no serviço das urgências do Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra (CHUC), ainda a serem sujeitos a exames médicos. O bombeiro mais velho revelava queixas ao nível do tórax e omoplata, enquanto o colega sofreu um desmaio no local, mas já estava recuperado quando o socorro chegou.

Os operacionais ficaram feridos na sequência de um despiste de um camião-tanque às 14H20, na zona de Teixeira, despenhando-se por uma ribanceira com cerca de 30 metros de profundidade.
“Apresentam muitas escoriações, mas não correm risco de vida, encontrando-se no serviço de Urgência do CHUC”, adiantou o comandante dos Bombeiros Voluntários de Cantanhede, José Oliveira.

Toda a informação na edição impressa do DIÁRIO AS BEIRAS de hoje, terça-feira, 19 de outubro

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.