Politécnicos foram primeira opção para mais 16% de candidatos

Posted by

FOTO LUÍS CARREGÃ

O número de alunos candidatos a um curso num instituto superior politécnico em primeira opção aumentou 16% na primeira fase do concurso nacional de acesso (CNA) ao ensino superior face ao mesmo período no ano passado.

De acordo com os dados hoje divulgados pela Direção-Geral do Ensino Superior (DGES), “estão já colocados 27.648 novos estudantes no ensino universitário (face a 27.036 em 2016-2017) e 17.266 no ensino politécnico (face a 15.922 em 2016-2017), crescendo respetivamente 2,3% e 8,4% no final da 1.ª fase do CNA”.

Os números da tutela indicam ainda o crescimento da atratividade dos politécnicos, que foram a primeira opção para mais 16% dos candidatos em comparação com 2016.

O crescimento das universidades enquanto primeira opção foi de 2%.

“O número de estudantes colocados nesta fase em instituições localizadas em regiões de menor densidade demográfica aumenta 13% face ao ano anterior, crescendo 20% nos politécnicos dessas regiões”, acrescenta ainda um comunicado do Ministério da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior.

Direito, Saúde, Engenharias, Ciências Sociais e do Comportamento e Ciências Empresariais foram as áreas de estudo que mais candidaturas em primeira opção receberam.

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado.

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.