Opinião: Afinal o diabo emigrou!

Posted by

 

Isabel Maranha Cardoso

 

Na semana passada o INE anunciou a revisão do crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) em alta, situando-o num valor de 3% no segundo trimestre em relação ao mesmo período do ano passado, acima dos 2,8% anunciados em estimativa a 14 de Agosto e dos 2,9% aventado a 31 de Agosto.

Em plenas eleições autárquicas e em plena negociação do orçamento de estado para 2018, a revisão em alta destes valores não só nos indicam que a trajetória do Governo, a quem chamam aquele nome que sou incapaz de pronunciar, é boa, como obrigam as agências de notação a alterar o rating da República Portuguesa passando para grau de investimento, a Standard and Poor’s junta-se assim à DBRS, na sequência da atribuição de perspetiva positiva já pelas agências Fitch e Moody’s. Felizmente ainda não foi desta que o diabo apareceu! Ufa que alivio!

Depois da grande e misteriosa profecia que Passos fez, cada vez que as entidades nacionais, que referenciam os números da economia portuguesa, emitem um comunicado e estando o diabo atento e à espreita, dizem…, tememos que o mesmo apareça e ofusque o estado primaveril em que as contas públicas e a economia vão andando… apesar de caminharmos para o Outono. Afinal que se passará com ele? Provavelmente, deprimido por Costa não o deixar actuar e Centeno lhe trocar as voltas, a conselho de Passos Coelho emigrou!

 

 

 

 

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.