Summertime Jazz no Mosteiro “abre” este sábado com Duo Mano a Mano

Posted by

A grande festa do jazz no Mosteiro de Santa Clara-a-Velha, em Coimbra, tem início já este sábado, 5 de agosto, com a apresentação do Duo Mano a Mano. Pelas 19H00, os irmãos André e Bruno Santos vão tocar alguns dos seus temas favoritos oriundos do cancioneiro americano e da música popular brasileira misturando precisão, groove e humor, tornando cada concerto uma experiência vibrante e memorável. André e Bruno têm apresentado o seu disco de estreia (dezembro de 2014) em vários palcos de Portugal, nos mais aclamados festivais e salas de concerto, em duo ou acompanhados por várias secções rítmicas.

O Summertime Jazz no Mosteiro percorre os quatro sábados de agosto (nos dias 5, 12, 19 e 26) para apresentar grandes nomes do jazz nacional. De acordo com uma nota da produção, o evento procura levar alguns fatores adicionais de animação ao Mosteiro de Santa Clara-a-Velha e à cidade de Coimbra, assim como vivenciar de uma outra forma  o património histórico e monumental, naquele que é um registo informal e de lazer.

Todos os quatro espetáculos decorrem ao ar livre, junto à esplanada da cafetaria do Mosteiro de Santa Clara-a-Velha. Os bilhetes têm o custo de dois euros por concerto. Existe ainda a possibilidade de comprar um bilhete único válido para os quatro concertos com o custo de cinco euros. As crianças até aos 12 anos têm entrada gratuita. Os bilhetes são vendidos na receção do Centro Interpretativo do Mosteiro de Santa Clara-a-Velha. O local escolhido para a realização dos concertos garante a acessibilidade aos portadores de mobilidade reduzida.

“Que têm em comum Janis Joplin, Carmen McRae, Peter Gabriel, Nick Drake, Susana Baca, Miles Davis, Al Jarreau, The Doors, Billie Holiday, Morcheeba, Bill Evans, Maria Callas ou Chet Baker? A canção “Summertime”! Entre muitos outros, todos estes artistas  tocaram, cantaram, com versões muito pessoais, a composição assinada por George Gershwin, com letra de DuBose Heyward e Ira Gershwin, e que faz parte da ópera “Porgy and Bess”, estreada na cidade de Nova York, em 1935. Esperança e crença no futuro, é o que se pode ouvir nesta canção que é, definitivamente, um dos standard mais utilizado na música jazz de sempre.

E será o jazz a companhia para todos os que, ao fim da tarde, neste verão de agosto, quiserem marcar presença no “prado” com vista sobre o mosteiro medieval e a cidade em volta. O tom será descontraído. Um pequeno palco, cadeiras para quem quiser, relvado para os mais informais e um bar numa plateia superior improvisada. Para o cocktail perfeito, o melhor do jazz em português vai fazer-se ouvir, com músicos que confirmam a vitalidade, a energia e o talento daqueles que falam jazz em Portugal. A proposta é irrecusável: é Summertime, garante Margarida Mendes Silva, a autora do projeto e programadora do evento a apresentar no magnífico espaço de Santa Clara-a-Velha.

Ao Duo Mano a Mano – a estrear Summertime Jazz no Mosteiro já este sábado –, vão seguir-se o Quinteto Jeffery Davis (12 de agosto), o Trio João Freitas (19 de agosto) e Nuno Guedes Campos Trio (26 de agosto).

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.