PSD acusa Junta de Buarcos e São Julião de esbanjar dinheiro numa cozinha

Posted by

Foto: DB-Jot’Alves

 

 

O PSD reitera as críticas ao executivo da Junta de Buarcos e São Julião (PS) feitas quando da votação do orçamento.

 

O assunto retoma atualidade na sequência das obras realizadas nos anexos da sede daquela autarquia, em Buarcos, onde foram aplicados cerca de 40 mil euros na remodelação de um espaço que a equipa liderada por José Esteves decidiu recuperar para transformar em sala polivalente, que inclui uma cozinha.

O principal partido da oposição não entende que as obras incluíssem a cozinha, serviço que considera desnecessário. “Preocupa-nos que a junta esbanje dinheiro em estátuas, estatuetas e, agora, com uma cozinha, e lamentamos que não invista o dinheiro em programas e políticas sociais, ajudando pessoas carenciadas”, declarou Carlos Tenreiro, líder do PSD na assembleia de freguesia de Buarcos e São Julião e candidato à Câmara da Figueira da Foz pelo mesmo partido.

Indagado pelo Diário As Beiras, o presidente, José Esteves (PS), afirmou que “a cozinha de apoio já existia”. E acrescentou: “Estava tudo em ruínas e não fizemos mais do que recuperar um espaço que já existia”.

 

 

Informação completa na edição impressa

 

One Comment

  1. Zé da Gândara says:

    Em matéria de esbanjar dinheiro e remontando aos tempos do eterno profeta vindo do Sul à conquista de terras Figueirenses, o PSD é uma virgem que se sente ofendida por ver uma estátua de um nu 🙂

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.