Mais 14 por cento de dormidas no Centro de Portugal em junho

No passado mês de junho, o Centro de Portugal registou um total de 536 447 de dormidas, número que representa um aumento de pouco mais de 14 por cento em comparação com o período homólogo de 2016.
Os dados revelados, ontem, no relatório mensal da atividade turística publicado pelo Instituto Nacional de Estatística (INE), confirmaram a tendência de crescimento dos últimos meses na região Centro que, pelo segundo mês consecutivo, “faturou” mais de meio de milhão de dormidas. O mesmo relatório revela, também, uma subida evidente em todos os indicadores, apesar de ter sido um mês marcado pelo incêndio de Pedrogão Grande.
A tendência de crescimento que foi transversal às restantes regiões do país: mais 18,59% nos Açores, mais 11,37% no Alentejo, mais 10,30% em Lisboa, mais 8,0% no Norte, mais 5,61% no Algarve e mais 3,76% na Madeira. Assim, o Centro de Portugal foi a segunda região do país que mais cresceu em número de dormidas em junho de 2016, mais 6,06% do que a média nacional.
De acordo com o relatório, em junho deste ano, a estada média no Centro de Portugal foi de 1,75 noites, mais uma décima do que a registada em maio e sensivelmente o mesmo valor do mês homólogo de 2016.

Notícia completa na edição impressa de hoje

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.