Contagem decrescente para a Concentração Motard de Góis

Posted by

 

Mesmo antes da abertura das inscrições, o que só vai acontecer a partir das 12H00 de amanhã, no local, já há muita agitação no recinto da 24.ª edição da Concentração Internacional de Motos de Góis.
Centenas de participantes estão a chegar desde a passada sexta-feira, montando as suas tendas nos melhores lugares de sombra no espaço de campismo e, muitos deles, criando verdadeiros acampamentos coletivos em cículos concêntricos.
Entretanto, estão a “passar uns dias tranquilos, percorrendo a região rural e aproveitando as águas do rio”, explica Catarina Miranda, representante dos “Talibãs do Asfalto”. Todos os elementos fazem questão de “andar bem montados”, com motos a custarem entre 15 mil e 35 mil euros. “É uma paixão e uma forma de estar”, vão adiantando, antes que cheguem os outros 16 mil motards que a organização aguarda.
Prontos a acelerar até ao rio, para um banho refrescante, ontem à tarde, os “Alão Moto” garantem que já se divertiram muito – até porque estão a decorrer as festas do concelho – mesmo que a concentração oficial (com todos os bares abertos e concertos ao vivo) só comece amanhã. Um dos motards só lamenta já ter sido multado, por ter deixado a moto num estacionamento reservado para deficientes, às quatro da manhã, “quando não havia ninguém acordado na vila”.
Jaime Garcia garante que “é a melhor organização de sempre”, com mais wc (alguns dotados de saneamento), mais pontos de carregamento de telemóvel e rede wi-fi. A vertente internacional é reforçada, não só com os habituais espanhóis, mas motociclistas que estão em viagem desde França e Reino Unido.

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.