António Costa garante que “o Governo tem coragem” para fazer o cadastro florestal do país

Posted by

“Há anos que os governos têm medo de avançar com o cadastro florestal”, criticou ontem à tarde o primeiro-ministro em Oliveira do Hospital, para logo de seguida garantir que “agora temos um Governo que tem a coragem e a determinação de o fazer”.
António Costa falava no topo da serra, em Oliveira do Hospital, numa área descampada da Zona de Intervenção Florestal do Alva e Alvoco, a primeira a ser criada, há exatamente uma década, uma efeméride que foi assinalada com o descerramento de uma lápide.
O responsável pelo Governo explicou que escolheu aquele concelho porque é dos poucos, a norte do rio Tejo, que tem o cadastro florestal concluído, condição essencial para se poder planear e gerir a floresta, dando as ZIF como exemplo. Um conceito que permite “ter os produtores florestais associados, para gerir em conjunto o património de cada um”.

Sapadores florestais
Outra aposta forte para a defesa da floresta é a constituição de equipas de sapadores florestais, que António Costa afirmou “descongelar”, recordando que foi um programa criado há mais de década e meia, mas que “desde 2009 não havia sido criada nenhuma equipa de sapadores florestais”.
A iniciativa de ontem teve lugar, simbolicamente, no meio da serra, onde o acesso só era possível – para convidados, jornalistas e governantes – através de jipes da proteção civil, bombeiros e autarquia, por um estradão. Aí foi possível constatar o trabalho feito pelos sapadores florestais da associação de produtores local Caule. O governo marcou a ocasião com a entrega de 20 viaturas todo-o-terreno a associações congéneres, o que fará aumentar o número de equipas de sapadores florestais para 272, esperando-se a constituição de outras 29 no próximo mês.

Notícia completa na edição impressa de hoje

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.