Reforço de segurança do “Sunset” obriga à reserva do espaço aéreo

Posted by

 

Foto: Pedro Agostinho Cruz

 

Apertadas medidas de segurança no RFM SOMNII – O Maior Sunset de Sempre!, que começa hoje no areal urbano da Figueira da Foz,  obrigam à reserva do espaço aéreo no recinto, informa a Autoridade Marítima

 

O dispositivo de segurança foi reforçado na cidade da Figueira da Foz, devido ao “Sunset”. As medidas adicionais incluem a reserva do espaço aéreo, pelo que o recinto do festival  não poderá ser sobrevoado por nenhuma aeronave, incluindo drones, abaixo dos dois mil pés (cerca de 700 metros de altitude).

No ano passado, adiantou ao Diário As Beiras o comandante da Capitania da Figueira da Foz, Silva Rocha, “houve alguns incidentes com aeronaves com reboque de publicidade que sobrevoaram a baixa altitude o recinto do festival”. Para evitar aquele tipo de situações, este ano, foi aplicada a reserva do espaço aéreo no areal urbano. De resto, durante a época balnear, os drones não podem sobrevoar as praias da Figueira da Foz, lembrou o militar da Marinha.

Por ocasião da 5.ª edição do evento RFM SOMNII, que decorrerá na praia do Relógio na Figueira da Foz, nos dias 7, 8 e 9 de julho, a Autoridade Marítima Local da Figueira da Foz irá implementar um dispositivo de segurança abrangente, que irá dar cobertura ao seu recinto e acessos, assim como à extensão de praia definida para a prática de banhos durante o Festival, tendo sido já promulgado pela entidade competente uma reserva do espaço aéreo centrado na localização do evento, introduz o comunicado.

Com um perímetro de cerca de dois mil metros, uma área de 120 mil metros quadrados, diversas atividades lúdicas associadas e uma afluência esperada de mais de 40 mil espetadores por dia, o evento é considerado um dos maiores festivais de música do mundo com estas características, incluindo este ano um parque de campismo temporário para servir os espectadores que escolham ficar mais próximos do recinto, acrescenta.

Para garantir a prevenção e estar pronta para responder às necessidades que ocorram no âmbito da segurança, continua, a Polícia Marítima contará com a intervenção e organização da Proteção Civil Municipal, reforçada por um posto médico avançado guarnecido com equipas pluridisciplinares da Cruz Vermelha Portuguesa e o recurso aos profissionais e meios materiais dos Bombeiros Municipais da Figueira da Foz.

A segurança balnear, ressalva a Autoridade Marítima, será assegurada através da vigilância e assistência de duas equipas de nadadores-salvadores, suportadas pela organização do evento, e pelos meios empenhados da Estação Salva-vidas da Figueira da Foz.

Ao abrigo da cooperação institucional existente entre as duas entidades, destaca o comunicado, os acessos ao recinto, controlados por assistentes do recinto de espetáculos, serão reforçados, este ano, com efetivos da Polícia de Segurança Pública, que dará apoio à Polícia Marítima em matéria de verificação das condições de segurança e das normas de entrada no festival.

Por último, frisa aquela autoridade, não será permitida a entrada no recinto com qualquer tipo de bebida ou comida, exceto para aqueles cuja doença ou condição física assim o exija e mediante apresentação de declaração médica devidamente validada. Também não será permitida a entrada de objetos que possam ser considerados perigosos, incluindo nesse rol os designados “selfie sticks”.

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.