Património excecional faz de Condeixa a “Capital do Romano”

Posted by

Foto Luís Carregã

Hoje começam as Festas de Santa Cristina, uma oportunidade para mostrar o concelho aos milhares de pessoas que se vão deslocar ao concelho.

Estes dias não são só de festa, música e animação. São também uma montra dos produtos endógenos, desde aqueles que compõem a gastronomia e o artesanato (onde se destaca a cerâmica artesanal), mas também da pujança do tecido empresarial. Isso é bem evidente quando se constata a presença da Associação Empresarial, com um stand, nas festas de Santa Cristina, para fazer a sua própria promoção. É uma associação que a autarquia ajudou a fundar e que agora caminha pelo seu próprio pé, reunindo as maiores empresas e maiores empregadores.

Muita gente é esperada?
Esperamos ter, não só pelo cartaz, mas também pelo que a vila já representa como fator turístico, uma enchente ao longo dos vários dias. Isto será não só no centro da vila, mas em toda a envolvente, com o respetivo comércio e restauração a beneficiar desse facto. Condeixa está a colocar-se no mapa nacional em termos turísticos, até porque temos estrutura para isso – de que Conimbriga é o maior exemplo – com 100 mil visitantes por ano, a que se acrescentam este ano – só até agora, desde a inauguração – mais 10 mil no Museu Multimédia PO.RO.S. Isso dá-nos maiores responsabilidades no setor turístico e a festa de Santa Cristina faz essa ligação entre o que somos e a nossa herança, com os olhos no futuro.

Versão completa na edição impressa

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.