Governo quer cadastro em “zona piloto” atingida pelos fogos

Posted by

O ministro Adjunto Eduardo Cabrita defendeu nesta terça-feira, em Castanheira de Pera, a realização do cadastro predial nos concelhos da região Centro devastados pelos incêndios de junho.
“O cadastro é uma prioridade absoluta para o país”, declarou Eduardo Cabrita aos jornalistas, no final de uma reunião com representantes de sete municípios atingidos pelos fogos mais recentes: Pampilhosa da Serra, Góis, Castanheira de Pera, Pedrógão Grande, Figueiró dos Vinhos, Penela e Sertã.
O ministro disse que estes concelhos irão integrar uma “zona piloto” para a realização do cadastro conjunto, tendo em vista o reordenamento florestal da região afetada, que abrange territórios dos distritos de Leiria, Coimbra e Castelo Branco.
Os incêndios que começaram no dia 17 de junho, em Escalos Fundeiros, concelho de Pedrógão Grande, causaram pelo menos 64 mortos e mais de 200 feridos, além de terem destruído habitações, empresas e diversos equipamentos públicos.
Depois da tragédia, “esta é uma oportunidade para a valorização da floresta e a dinamização dos territórios do interior”, defendeu o membro do Governo, realçando que importa “voltar a dar esperança” às pessoas que vivem e trabalham nestes municípios do Pinhal Interior.

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.