Hospital Distrital da Figueira da Foz bate recordes e Pedro Beja Afonso muda-se para o CHUC

Posted by

 

Pedro Beja Afonso (FOTO DR)

O Hospital Distrital da Figueira da Foz (HDFF) bateu os recordes de produção, tendo realizado, em março, mais de 10 mil consultas e intervencionado 600 doentes.

A informação foi avançada ontem, no mesmo dia em que ficou a saber-se que o presidente do conselho de administração, Pedro Beja Afonso, foi nomeado pela tutela da Saúde vogal do Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra (CHUC).

Entretanto, o vogal Albino e Silva assume as funções do administrador.

Regressando aos números do HDFF, comparados com os do primeiro trimestre de 2013, aumentou em 40 por cento o número de cirurgias realizadas, contando, neste momento, no entanto, com mais uma sala de operações.

No primeiro trimestre de 2017, foram melhorados os tempos de espera alcançados em 2016 e os custos operacionais por doente-padrão. Os “dados positivos verificados seguem os bons resultados já alcançados em 2016”, frisa a nota de imprensa.

Informação completa na edição impressa

One Comment

  1. Zé da Gândara says:

    Não sei porquê mas a divulgação destes brilhantes resultados faz-me lembrar a divulgação do alcance dos objectivos dos planos quinquenais nos tempos da saudosa URSS… Será que não tarda haverá alguém por aí a vir a terreiro afirmar-se "comunista desde pequenino"?

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.