Fórum “Vê Portugal” debate turismo interno em Leiria

Posted by

Pedro Machado

O Fórum “Vê Portugal” reúne durante três dias, no Teatro Lúcio da Silva, em Leiria, centenas de participantes naquele que é o maior debate nacional sobre o turismo interno que se realiza em Portugal. O forum começa hoje, às 15H00, e reúne especialistas de renome nacional e internacional que vão partilhar as suas experiências ao longo dos cinco painéis do evento, que é organizado pelo Turismo Centro de Portugal, em parceria com a Câmara de Leiria.
Pedro Machado, presidente do Turismo Centro de Portugal, destaca a importância deste fórum, desde logo pela “discussão fundamental que permite fazer sobre o mercado nacional”, que é responsável por 14 milhões de dormidas anuais no país. A importância desta discussão merece, de resto, o reconhecimento público do governo português, que estará representado no forum ao mais alto nível, com as presenças do primeiro-ministro António Costa na sessão de encerramento (dia 31, às 12H30), do ministro da Economia e da secretária de Estado do Turismo.
Na área do Turismo do Centro, pertencem ao mercado nacional mais de 55 por cento dos turistas, um número de assinalar, realça ainda Pedro Machado.
O “Vê Portugal”, que já teve edições de grande sucesso em Aveiro, Viseu e Coimbra, é dirigido aos protagonistas do negócio turístico, às entidades com responsabilidade na gestão do território e a todos os interessados neste setor económico, que é o mais tem crescido em Portugal. Este ano, os oradores irão abordar nos cinco painéis temas como os programas de apoio à valorização dos destinos turísticos, o alargamento do mercado interno com as parcerias transfronteiriças, a importância das indústrias criativas no setor, e como promover e vender um destino turístico.
Pedro Machado destaca ainda a existência de um painel dedicado a debater o impacto do turismo em espaço rural, com a participação dos GAL – Gabinetes de Ação Local.

Notícia completa na edição impressa de hoje

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.