“A tua mãe está morta”

FOTO ARQUIVO

O julgamento de Ana Saltão, a inspetora da Polícia Judiciária (PJ), acusada de matar a avó do marido, prosseguiu ontem com a audição de testemunhas.

No Tribunal de Coimbra foram ouvidas a vizinha da frente e a irmã da vítima, Filomena Gonçalves, de 80 anos. A forma fria com que o genro da octogenária reagiu quando encontrou o cadáver marcou a sessão.

“Rosa Maria, a tua mãe está morta. Há ali sangue”, comunicou à mulher, segundo contou a vizinha, Cristina Cruz. “Constatou um facto, transmitiu uma informação”, disse, referindo que o homem estava “calmo”, mas a mulher mostrava-se “nervosa e muito agitada”.

Versão completa na edição impressa

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.