HUC vão ter silo com 1.200 lugares de estacionamento

FOTO DR

A construção de um silo de quatro pisos destinado a estacionamento no Hospital da Universidade de Coimbra (HUC) é a maior novidade do projeto de intervenção a levar a cabo nas zonas de parqueamento automóvel no Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra (CHUC), que inclui os hospitais dos Covões e Pediátrico.

A intervenção vai custar cerca de 20 milhões de euros e deverá ficar concluída até dezembro de 2018. O novo silo, instalado junto ao atual estacionamento do Polo 3, vai dispor de 1.200 lugares, ocupando uma área de 6.500 metros quadrados de construção.

O modelo de gestão será efetuado com partilha de receita entre o Serviço de Utilização Comum dos Hospitais (SUCH) e o CHUC.

Intervenção corresponde a desejo e necessidades antigas. O projeto de requalificação em curso teve por base uma análise rigorosa aos diferentes espaços hospitalares com potencial de integração.

One Comment

  1. Zé da Gândara says:

    Naturalmente que será pagante (sendo uma pessoa de fora de Coimbra e até podendo ter alguma dificuldade de locomoção e ir ao hospital em viatura própria visitar um familiar ou ir a uma consulta externa é um luxo e não uma necessidade e como tal, o estacionamento deve ser pago) e dará para todos (inclusivamente para a SUCH, essa empresa com tão bom historial)… O Zé Doente paga e toda a gente é feliz… A disponibilização de alternativas viáveis e adaptadas a esta realidade que referi, nas diversas entradas da cidade, para retirar carros daquela zona da cidade e do trânsito que atravessa a cidade rumo ao hospital, pelos vistos, não será prioridade desta gentinha iluminada… Mais um negócio daqueles que são muito fáceis de fazer e que além de mais uns woks vitalícios bem remunerados, ainda terão o condão de ser muito provavelmente dinásticos no que a sucessão toca 🙂 Na parte que me toca, espero não alimentar este círculo vicioso porque não gosto de subsidiar ociosidade…

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.