Bons ventos de Espanha (e não só) para o turismo

Luís Carregã

A Semana Santa foi tudo menos um calvário para o turismo em Coimbra. Mais turistas a gastar mais dinheiro e a saírem com boa impressão da cidade. Que mais se pode pedir?
Basta um pequeno passeio pela Baixa, sábado de Páscoa, para perceber que há muito movimento. O espanhol quase passou a língua oficial por estes dias.
“Muitos turistas, especialmente espanhóis e brasileiros”, confirma Hilda Pinto, comerciante na praça 8 de Maio, de uma loja de produtos portugueses.
Algo que facilmente se confirma. Andam aos grupos, em excursões organizadas, ou apenas com um ou dois amigos, como duas jovens madrilenas, de passagem, apenas umas horas pela cidade.
“Esta tarde seguimos para o Porto, mas há muito tempo que ouvia falar que é uma cidade muito bonita”, diz a estudante de 23 anos.
Junto à Portagem, um grupo de franceses, de Hangard (norte de Paris). Tocqueville, de 73 anos, elogia a cidade “muito bonita, com ambiente fantástico, ideal para caminhar”. Chegados quinta-feira, vieram para ficar “até domingo, antes de seguir para o Porto”.

Notícia completa na edição impressa de hoje

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado.

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.