Moradores do Bairro Azul contestam obras do Intermarché

Posted by

FOTO DB/LUÍS CARREGÃ

Os moradores da rua Principal do Bairro Azul, em Santa Clara, estão a contestar as obras do futuro Intermarché. Depois de alguns meses em que tiveram de “aguentar” as máquinas usadas para partir a pedreira ali existente, bem como a de compactação do solo, os habitantes depararam-se recentemente com a colocação de um posto de abastecimento de combustíveis ao nível do 2.º andar das suas habitações.

Um dos mais críticos é Carlos Carvalho. Morador num dos edifícios contíguos ao novo espaço comercial, este morador queixa-se do facto de lhe terem mentido relativamente à altura do muro que edificaram mesmo à sua frente. “Falaram-me num muro de quatro metros de altura.

Na altura, até nem fiz grande oposição porque pensei que iria servir de barreira visual para a unidade comercial”, afirmou. O pior foi quando se deparou com a edificação do muro em dois patamares diferentes e a instalação de um posto de combustível ao nível do seu prédio. “Nem queria acreditar no que estava a ver”, frisou à reportagem do Diário As Beiras.

Versão completa na edição impressa

2 Comments

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado.

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.