Acidentes de trabalho fizeram 141 vítimas no ano passado

Posted by

De acordo com os dados disponíveis, no ano de 2016 morreram 141 pessoas a trabalhar em Portugal e 235 ficaram gravemente feridas, no decurso da execução do seu trabalho.

Desses acidentes, 11,3 por cento ocorreram no setor agrícola, produção animal, caça, floresta e pesca. Na área de jurisdição do Centro Local do Mondego da Autoridade para as Condições do Trabalho (ACT), e da sua Unidade de Apoio, faleceu um trabalhador no referido período e ocorreram seis acidentes de trabalho graves.

Estes dados foram divulgados na passada quarta-feira, num seminário organizado pela ACT, juntamente com o ICNF, que teve lugar nas instalações do Centro de Operações e Técnicas Florestais. Um encontro que teve lugar no âmbito da Campanha Ibérica de Prevenção de Acidentes de Trabalho no Setor Agrícola e Florestal, destinado a entidades/organizações e trabalhadores do setor agrícola e florestal e parceiros institucionais.

Versão completa na edição impressa

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.