Sede do PS da Figueira da Foz está sem água e luz desde setembro

Posted by

João Portugal, presidente da concelhia

A sede da Concelhia do PS está sem água e eletricidade desde setembro de 2016. Até àquele mês, as faturas daqueles serviços eram pagas por autarcas e dirigentes locais do partido, mas um acórdão do Tribunal Constitucional veio proibir aquela prática, a nível nacional. Pedro Coimbra, presidente da Federação Distrital de Coimbra do PS, afirmou, em declarações ao DIÁRIO AS BEIRAS, que os militantes podem continuar a pagar as faturas, através de um donativo, obtendo o respetivo recibo, emitido pelo partido.

No entanto, João Portugal, presidente da Concelhia da Figueira da Foz, a cumprir o último mandato, defendeu que aquele método implicava que os donativos tivessem de ser enviados para a direção nacional, que, por sua vez, encaminhá-los-ia para a Distrital, o que conduziria à mesma situação, ou seja, afirmou, as verbas não chegariam à Figueira da Foz.

Versão completa na edição impressa

One Comment

  1. Zé da Gândara says:

    Este é um bom exemplo da boa gestão levada a cabo por aqueles que se acham iluminados por uma graça superior e que vestem a roupagem de políticos profissionais, os tais a quem a populaça entrega a gestão dos nossos destinos comuns, seja a nível da Liga dos Últimos (freguesias), seja a nível das autarquias ou mesmo do poder central… Entregues a quem deixa as coisas chegarem a este ponto, não haja dúvida que estamos muito bem entregues! E para que não me acusem de ser parcial ou tendencioso, relembro que em tempos na sede concelhia de um outro partido, parece que a coisa também não foi mais bonita… Enfim… Pena que haja quem ainda perca tempo a ouvir gente desta… É que com esta gente duvido que se aprenda algo…

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.