Festival FORTE cumpre a quarta edição em Montemor-o-Velho de 24 a 26 de agosto

Posted by

DR

O festival FORTE cumpre em 2017, entre 24 e 26 de agosto, quatro edições consecutivas no castelo de Montemor-o-Velho, tendo como cabeça de cartaz o norte-americano Jeff Mills, considerado o maestro da música eletrónica contemporânea.

A organização, a cargo da produtora Soniculture, sustenta que as três primeiras edições “consolidaram o Festival FORTE como um dos festivais de referência mundial pela aposta nas novas tendências da música eletrónica contemporânea e pelas sinergias que estabelece entre o público e o espaço arquitetónico” do castelo daquela vila do Baixo Mondego.

A edição de 2017, hoje apresentada, aponta o produtor discográfico, compositor e dj Jeff Mills, de 53 anos, fundador da Axis Records, primeira editora de música eletrónica de Detroit e do coletivo Underground Resistance, como “a figura mais importante de toda a cultura de música de dança”, alguém que alcançou um “estatuto divino” na música eletrónica.

Do lote de 15 artistas hoje anunciados, a organização salienta ainda a presença dos britânicos Blawan, “que se destacam por sonoridades explosivas, percussões vivas e mudanças de estilo inesperadas”, e Nathan Fake, cuja atuação será acompanhada por um espetáculo audiovisual especialmente criado para o FORTE por Matt Bateman.

O cartaz do festival inclui ainda os regressos a Montemor-o-Velho do norte-americano DVS1 e do espanhol Oscar Mulero, a estreia da dj russa Dasha Rush, “uma das mais mediáticas produtoras femininas” atuais e a suas sonoridades mais experimentais e sintetizadas, o francês Laurent Prot, “mais conhecido como In Aeternam Vale, que lançou as bases para o techno industrial”, e Ron Morelli, mentor da editora L.I.E.S. (Long Island Electrical Systems), sediada em Nova Iorque.

One Comment

  1. musica eletrónica…. indentifica-se com quê????? tram..trrram..pummm pumm … para sacudir o piolho:-))))))

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.