Câmara de Penela vai até às últimas instâncias contra o ITM 2016

Posted by

FOTO DB/LUÍS CARREGÃ

O presidente da Câmara Municipal de Penela, Luís Matias, admitiu ontem ao DIÁRIO AS BEIRAS que irá “até às últimas instâncias” contra os resultados ontem publicados no Índice de Transparência Municipal (ITM). Segundo o autarca, essa decisão só será tomada caso a Transparência e Integridade – Associação Cívica (TIAC) – entidade responsável pelo estudo – não faça “o devido esclarecimento” relativamente aos resultados do seu município ou um “posterior pedido de desculpa público” por parte desta entidade, de forma a que seja reposto “o bom nome do município e dos seus trabalhadores”.

De acordo com este documento, Penela surge na última posição com 16,2 pontos, uma queda de 99 lugares em relação à listagem de 2015. “A avaliação não obtém a correspondência com os indicadores definidos pela associação para a formulação do índice”, referiu o município, ao início da tarde, em comunicado.

Versão completa na edição impressa

3 Comments

  1. Poortugues says:

    Mas este índice em nada afeta “o bom nome do município e dos seus trabalhadores”. Apenas diz que tem um site da treta, com falta de informação. Quem afeta o bom nome deste e de outros municípios são os jornalistas que tentam colar este índice à transparência das ações dos próprios municípios.

    • Zé da Gândara says:

      O Sr. Poortugues vem a terreiro defender-se e atacar ferozmente "um site da treta"… Até parece que está à procura de uma promoção por via administrativa para que a ração mensal de lentilhas servidas em prato seja aumentada…

      • Não tenho nada a defender. Pelo contrário, se ler bem o meu comentário, quem tem um "site da treta" segundo o meu comentário é a própria câmara de Penela. Apenas critico o critério jornalistico de comparar ou fazer passar a ideia de que é um ranking de transparência das câmaras municipais, quando não o é.

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.