Opinião – Discussão

Posted by

TEOTÓNIO CAVACO

Algumas das melhores características das sociedades desenvolvidas são a capacidade, a liberdade e os meios que dá a muitos de… discutir. O ato de discutir, implicando a análise e a troca de ideias sobre um assunto entre duas ou mais pessoas (chegando-se ou não necessariamente a um consenso imediato), compreende debate, defesa de argumentos opostos, polémica, controvérsia – tudo muito bom, assegurado que está que não se ultrapassa a barreira da aspereza, da injúria, da gritaria, da agressividade, pois assim o que sobressai é a altercação, a briga (ou seja, perdeu-se o sentido).
A ágora grega (espaço público por excelência da cultura, da política, da vida social, do convívio com o outro), o Fórum romano (centro da vida pública, palco de cerimónias triunfais e de eleições, onde se realizavam discursos públicos, processos criminais e confrontos entre gladiadores), as Feiras medievais (importante canal de distribuição comercial, mas também forma de comunicação popular e de encontro periódico de pessoas) são exemplos de locais de discussão e, portanto, de… evolução!
Nunca como hoje fomos tão capazes, tivemos tamanha liberdade e dispusemos de tantos meios para discutir – ora, discutimos? Quantos de nós? Sobre o quê? Para quê? O espaço que partilhamos em sociedade é a nossa casa comum, a qual será certamente mais acolhedora se a co-edificarmos. Permanentemente. Em discussão. Ou vamos continuar a preferir a demissão?

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.