Autarca de Coimbra pediu a empreiteiro para apressar nova ponte pedonal

Posted by

A nova ponte pedonal e ciclável sobre o Mondego, em Coimbra, foi consignada. Se forem cumpridos os prazos, a estrutura deverá estar pronta no mês de agosto. Mas, ontem, o presidente da câmara Manuel Machado lançou o desafio ao empreiteiro, tipo “milagre das rosas”, como fez questão de frisar.

“Gostava que fosse possível antecipar a execução da ponte, e sua utilização com segurança, para o início do mês de maio”, afirmou o autarca, que logo a seguir explicou o porquê deste pedido: “ser utilizada pelos peregrinos que, sobretudo naquele mês, atravessam a cidade a caminho de Fátima”. Um esforço que, segundo o presidente, terá a devida contrapartida por parte da câmara: “ser paga no prazo de cinco dias”.

Questionado pela agência Lusa, Diamantino Cabral, um dos responsáveis da empresa à qual foi consignado o empreendimento (Irmãos Almeida Cabral, Ldª), assegurou que a sua firma iria “fazer todos os possíveis” para responder ao apelo do autarca, mas que, “neste momento”, não tinha condições para “afirmar se será possível”.

Toda a informação na edição impressa de sábado, 7 de janeiro, do DIÁRIO AS BEIRAS

 

One Comment

  1. Montanhez says:

    O "Nelito"precisa rapidamente dum milagre das rosas,que as eleições estão aí à porta.Mesmo que para isso tenha de derrapar a coisa um pouco,aliás habitual nestas obras de regime.Triste signa deste País.

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.