GNR “aconselha” um Natal Ciberseguro

Posted by

A fraude e a burla, bem como as formas de defraudar e burlar, são hoje cada vez mais sofisticadas, fazendo até os mais cuidadosos cair em esquemas e manobras destinadas a enganar para resultarem em algum proveito económico para quem engana.

Cada vez mais, o cidadão comum está sujeito a um tipo específico de crime, aquele que é perpetrado pela internet e que, por essa razão, é de mais difícil combate pelas autoridades, restando apenas o cuidado individual com que todos devem estar escudados quando, por exemplo, realizam compras pela internet.

Versão completa na edição impressa

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.