Região de Leiria cria rede de museus municipais

Posted by
©-Viaje-Comigo

©-Viaje-Comigo

A Comunidade Intermunicipal da Região de Leiria (CIMRL) vai criar a Rede de Museus da Região de Leiria, constituída pelos museus municipais dos 10 concelhos que compõem a comunidade.

A decisão estratégica foi aprovada na última reunião do Conselho Intermunicipal, tendo em “consideração a diversidade cultural, paisagística e orográfica da região de Leiria, razões que se juntam à vontade de tornar mais próximas as estruturas culturais e museológicas da região”, informa a comunidade em comunicado.

Um dos principais objetivos desta rede é o de que os museus possam desenvolver atividades conjuntas para “não só valorizar o setor, como também para que os mesmos se assumam como parceiros fundamentais para o desenvolvimento regional e contribuam para uma imagem regional de marca da região de Leiria como destino turístico”.

A Rede de Museus da Região de Leiria pretende ainda partilhar e criar sinergias de escala regional, através do desenvolvimento de projetos intermuseológicos de cooperação, capazes de permitir a realização de exposições temporárias e itinerantes, conferências e colóquios, bem como uma política facilitadora de empréstimo e permuta de espólio, promovendo ações de maior eficácia e economia de meios.

Nesse sentido, a comunidade vai reunir com os técnicos responsáveis pela área dos museus e cultura, de modo a que o projeto possa ser dinamizado e objeto de possível candidatura comum.

Segundo a Região de Leiria, esta rede poderá também vir a acolher outros equipamentos de caráter pedagógico e formativo, vocacionados para a promoção e preservação do património material e imaterial da região, perspetivando-se a possibilidade de promoção de uma linha de acessibilidade e inclusão social e diversidade, através da participação do público-alvo, colaboradores, profissionais e instituições.

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.