“Qualquer que seja o meu destino, que ele aconteça a escrever “

FOTO DR

FOTO DR

Não tinha grandes certezas do que queria ser quando “fosse grande”, mas sabia que gostava de escrever e de contar histórias. Por isso, quando chegou a altura de escolher um curso, Sara Sampaio Simões optou por Comunicação Social, na Escola Superior de Educação de Coimbra.

“Acabou por ser a minha aposta e hoje sei que apostei bem”, diz ao DIÁRIO AS BEIRAS. Depois de ter passado pelo jornalismo desportivo – estagiou n’A Bola e diz ter sido uma experiência “inesquecível” –, Sara candidatou-se, em 2007, a argumentista de televisão.

“Costumo dizer que foi um golpe de sorte. O meu curso tinha dois semestres de Guionismo, mas nunca me tinha passado pela cabeça seguir esse caminho. Aliás, costumo rir-me com as minhas amigas quando nos lembramos que eu até ia algo contrariada para essas aulas. Em 2007, candidatei-me ao lugar e, para surpresa minha, fiquei”, conta. Desde então escreveu novelas e séries para a TVI, SIC e RTP.

Versão completa na edição impressa

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.