Prisão efetiva para traficantes de droga do Bairro da Rosa

Posted by
FOTO DB/LUÍS CARREGÃ

FOTO DB/LUÍS CARREGÃ

Um homem de 46 anos e uma mulher de 38 anos, ambos moradores no Bairro da Rosa, em Coimbra, foram ontem condenados a penas efetivas de prisão.

O arguido, já reincidente pela terceira vez, foi aquele que teve a pena maior – seis anos e 10 meses de prisão –, enquanto a mulher (ausente da leitura da sentença) foi condenada a seis anos de prisão.

Segundo a presidente do coletivo de juízes, o homem estava acusado da prática em coautoria material, na forma consumada e como reincidente, do crime de tráfico de estupefacientes agravado e de um crime de detenção de arma proibida.

Já a arguida (“casada” com o arguido, segundo os costumes de etnia cigana) era acusada da coautoria material, na forma consumada, de um crime de tráfico de estupefacientes.

Versão completa na edição impressa

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.