CHUC realiza autotransplante de fígado, cirurgia rara no Mundo

Posted by
Spread the love
FOTO DB/LUÍS CARREGÃ

Emanuel Furtado Foto – DB/Luís Carregã

A Unidade de Transplantação Hepática Pediátrica e de Adultos do Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra (CHUC) realizou recentemente um autotransplante de fígado, uma cirurgia inovadora e rara no Mundo.

Tratou-se de um tumor, em que “o fígado foi operado fora do corpo e posteriormente colocado novamente no doente”, explicou à agência Lusa o coordenador da unidade, o cirurgião Emanuel Furtado, salientando que apenas “meia dúzia de centros no mundo” realizam esta intervenção, que foi efetuada há um mês.

O doente, acrescentou, “já teve alta e encontra-se muito bem”.

“Esta intervenção, bem como a divisão de um só fígado por dois recetores (‘splits’), é o corolário da elevada competência técnica que a equipa foi adquirindo”, frisou o cirurgião, que destaca a realização de atos cirúrgicos de alta complexidade e responsabilidade.

Emanuel Furtado salientou que o seu objetivo é continuar a aumentar a capacidade técnica da equipa, de modo a formar outros cirurgiões que venham a operar de forma autónoma, numa perspetiva que não se limita apenas aos transplantes.

Muito recentemente, a unidade esteve quase a realizar um transplante triplo de um só fígado, cuja cirurgia é também “muito rara” e que “só não aconteceu porque houve problemas técnicos”.

“É um procedimento muito raro, para o qual é preciso um conjunto de condições, mas que está nos nossos objetivos”, disse.

O número de transplantes de fígado aumentou este ano nesta unidade, disse também à agência Lusa o coordenador da unidade.

A Unidade de Transplantação Hepática, reativada em 2012 na componente pediátrica, já tinha ultrapassado o número de transplantes realizados em 2015, com 60 adultos e nove crianças transplantadas até final de outubro de 2016, contra os 50 e 12 do ano passado, respetivamente.

 

 

 

(Ler reportagem completa e dados complementares na edição em papel do DIÁRIO AS BEIRAS de amanhã, 17 de novembro de 2016)

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.