“Pobreza é e sempre foi fator de guerra”

FOTO DB/LUÍS CARREGÃ

FOTO DB/LUÍS CARREGÃ

Começa por fazer uma confissão: “administração, negócios, contabilidade: não são o meu ofício”.

D. Ximenes Belo sorri, afável, e faz sorrir todo o público que assiste à conferência no Coimbra Business School | ISCAC. “A minha vida tem sido mais dedicada às coisas espirituais, muito embora tenha a consciência que “os homens não vivem do ar”. Ainda assim, foi de economia que o Prémio Nobel da Paz (1996) falou.

“Não faltam motivos de preocupação, sobretudo quando a economia é sinal de agravamento das desigualdades”. Para o bispo emérito de Díli a distribuição de riqueza, por exemplo, promoveria a justiça social. “A pobreza é e sempre foi fator de conflito e de guerra”, lembrou.

Versão completa na edição impressa

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.