Opinião: Palavra política

Posted by
10-opiniao-teotonio-cavaco

Teotónio Cavaco

O verbo (a palavra – no grego, logos – escrita ou falada) é o que se diz, sentença, exemplo, inteligência, razão, fundamento, argumento.

Já a política é a arte ou a ciência da organização, da direção e da administração das nações ou dos estados.

Ora, é muito interessante constatar que, desde o início da democracia ateniense, se por um lado havia o direito do cidadão livremente defender, pela palavra, a sua ideia (isegoria); por outro, os mais eloquentes frequentemente eram eleitos, muitas vezes não pela validade das suas propostas, mas pela forma como as defendiam, perpetuando-se assim na gestão dos órgãos da pólis, a qual objetivamente prejudicavam, já que permitiam vícios, tinham uma conceção estreita do uso do poder que lhes fora confiado, e não contribuíam para a resolução dos mais graves problemas que afetavam o quotidiano das pessoas.

Na história da Humanidade, nunca esteve (com tamanha facilidade) ao alcance de tantos tanta informação (a maior parte de qualidade); de acordo com Aristóteles, o Homem é um “animal político”, precisamente porque possui a linguagem (fundamento da comunicação entre os seres humanos e a capacidade de julgamento entre o bem e o mal, o certo e o errado).

Neste sentido, cada um de nós tem a responsabilidade de conhecer, de estudar, de aferir a palavra política, assim contribuindo para o combate aos vícios, tão velhos, afinal…

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.