“Apalpou” duas meninas junto a escola de Coimbra

Posted by
Foto DR

Foto DR

A Polícia Judiciária (PJ) anunciou ontem a detenção de um homem de 57 anos, pedreiro de profissão, por suspeita do abuso sexual de duas meninas de nove anos de idade junto a uma escola do ensino básico de Coimbra.
Fonte da Diretoria do Centro da PJ disse que o homem “andava a rondar a escola”, onde consumou os crimes de que é suspeito, no final do passado mês de setembro, tendo-se aproximado do gradeamento do recinto escolar durante um intervalo das aulas.
O homem chamou as meninas, atraindo-as para o pé de si e viria a apalpá-las nos órgãos genitais, adiantou a mesma fonte.
As crianças contaram o sucedido à professora e a direção do estabelecimento de ensino chamou as autoridades.

Texto completo na edição impressa

4 Comments

  1. AHHHHHHHHHH se houvesse justiça……mas não essa é para…….

  2. Zé da Gândara says:

    Claro está que não seria de todo descabido os pais das duas meninas chamarem o alegado "apalpador" a um convívio fraterno com o Dr. Cabo de Enxada à moda do que em tempos se realizou na cidade-sala de visitas do Minho (Fafe) onde à conta do episódio em causa se diz que "Com Fafe ninguem fanfe"… Certamente que esse convívio nesses moldes reabilitaria o Senhor Pedreiro Rebarbado para a salutar convivência em sociedade… Claro está que depois de uns dentes e de umas costelas partidas e de muitas malgas de canja de galinha 🙂

  3. Salazar volta says:

    levava tantos murros na cabeça, como beijos a mãe lhe deu quando ele era pequeno….

    • Zé da Gândara says:

      Só os levaria nos cornos dessa forma e nessa quantidade se não fosse bufo da PIDE ou membro da Legião Portuguesa… Caso fosse bufo da PIDE ou Legionário, o caso era abafado e os abusos repetir-se-iam impunemente até a menina se tornar "adulta" e ser encaminhada depois para a nobre profissão de sopeira de uma qualquer família de bem onde depois teria a nobre tarefa de desmamar os petizes (ou mesmo complementar a esposa no deleite erótico-sexual do marido esfomeado) dessa família de bem e cheia de virtude, até engravidar para então ser posta na rua para acabar a prostituir-se numa dita "casa de passe"… Era assim que se cultivava a boa virtude dos tempos da Velha Senhora do Botas de Santa Comba… Onde a prostituição deixou de se praticar de forma legal como herdado da primeira República para passar a ser praticada de uma forma que também não é ilegal… Como eram brilhantes os juristas do dito "Estado Novo" e como neles se inspiraram os bravos juristas da dita "Democracia"!

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.