“Os últimos dois anos de atuação da Concelhia mostram inércia” (com vídeo)

Posted by
FOTO DB/JOT'ALVES

FOTO DB/JOT’ALVES

Há dois anos, perdeu as eleições para a Concelhia do PSD para Manuel Domingues, entretanto reeleito. Ficou desiludido com o processo?

Em relação a esse processo, já o disse várias vezes, não sou, nem nunca fui, um político partidário de profissão. (…) Não fique desiludido, considerei [que foi] um processo de aprendizagem.

Não cometeu um erro ao anunciar medidas de rutura antes de ganhar as eleições? Não foi uma declaração de guerra ao aparelho?

Pois… Se há aparelho, enfim, ele que apareça. Não entendo como guerra ao aparelho, entendo como uma tentativa de mudar o status quo. A inércia mobiliza-se para contrariar quem a contraria, e depois esgota-se nela própria.

Mas a dinâmica que criou para combater a inércia não resultou.

Pois não, porque a inércia tem a capacidade de se agigantar para aniquilar quem a quer destruir.

Foi a vitória da inércia?

Os últimos dois anos de atuação da Concelhia do PSD mostram essa inércia.

Como justifica apresentar uma lista com elementos relevantes sem as quotas em dia?

Quando nos comprometemos com alguns projetos de rutura, evidentemente corremos o risco de não termos na equipa pessoas que têm, normalmente, as competências de fazerem algumas coisas que noutras circunstâncias são procedimentos normais.

Houve alguém que lhe tivesse roído a corda?

Com certeza que sim.

Miguel Almeida foi uma dessas pessoas?

Não quero pessoalizar.

Inicialmente, Miguel Almeida apoiava a sua candidatura, mas acabou por apoiar Manuel Domingues.

Durante todo esse processo é natural que tomemos algumas decisões que sejam melhor aceites por umas pessoas do que por outras, mas não quero pessoalizar.

Está à espera que Manuel Domingues conte consigo para as próximas autárquicas?
(…) Estou disponível para qualquer coisa que me seja apresentada e que corresponda a uma ideia de projeto para a Figueira da Foz.

O PSD já devia ter anunciado o candidato à câmara?

Com certeza! Pelo menos, que desse um sinal de que está preparado para exercer a governação.

Esta entrevista pode ser ouvida na íntegra, hoje, pelas 21H00, na Foz do Mondego Rádio (99.1FM), e vista na Figueira TV.

One Comment

  1. Zé da Gândara says:

    Tudo bons rapazes…

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.