Odores de esgotos na Ponte do Galante vão ser eliminados

Posted by

10-damasceno-1-ja-arquivo

Chega a época balnear e a população figueirense e o consumo de água multiplicam-se. Como consequência deste movimento demográfico sazonal, as ocorrências disparam. Este ano não foi exceção. Segundo avança a concessionária de água e saneamento do concelho, Águas da Figueira, em julho, foram registadas 379 e, em agosto, 363.

A “gestão de ordens de serviço”, esclarece a empresa, “tem associado um procedimento de priorização em função dos níveis de serviço, segurança e perturbação para os clientes”. Perante esta torrente de ocorrências, às quais a empresa respondeu em tempo útil, ficaram pendentes alguns trabalhos não considerados urgentes, que agora estão a ser realizados.

Ver versão completa na edição impressa

One Comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.