Fogo de Soure em fase de rescaldo

Posted by

Imagem SICimagem SIC

Já se encontra em fase de rescaldo, esta manhã, o fogo que consumiu floresta, mato e terrenos agrícolas em Soure durante dois dias. A humidade da noite ajudou os bombeiros a extinguir as chamas.

A grande dificuldade de acessos e o vento complicaram a ação dos bombeiros no terreno desde segunda-feira e embora o fogo tenha sido dado como controlado às 9H30 de ontem, diversos reacendimentos voltaram a agravar a situação, mobilizando um máximo de 549 operacionais e 176 viaturas de combate, de acordo com a informação da página online da Autoridade Nacional da Proteção Civil às 21H00 de ontem.

Hoje, a mesma entidade dá conta de que ainda estão no teatro de operações 346 bombeiros e 120 viaturas, procedendo aos trabalhos de rescaldo e prevenção de reacendimentos.

Embora tenha ardido, pelo menos, um barracão e as alfaias agrícolas que se encontravam no seu interior, não foi necessário proceder à evacuação de habitações, apesar de o incêndio ter estado próximo das localidades de Cotas e Chanca.

Uma situação mais assustadora aconteceu quando uma equipa de reportagem da televisão SIC se encontrava em direto, por volta das 13H30 de ontem, junto do posto móvel de comando da Proteção Civil Distrital de Coimbra situado no topo de uma encosta (junto ao parque de aerogeradores) e uma inesperada mudança de vento empurrou rapidamente as chamas, a lavrar em mato, em direção às viaturas estacionadas no local. A perigosidade da situação obrigou o repórter de imagem a largar a câmara de filmar no terreno e fugir, interrompendo a reportagem em direto.

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.