Suspeito de atear incêndios em Pombal detido pela Polícia Judiciária

Posted by
FOTO DR

FOTO DR

A Polícia Judiciária (PJ), através da Diretoria do Centro, deteve um homem pela presumível prática de dois crimes de incêndio florestal, ocorridos nos passados dias 18 de julho e 1 de agosto, tendo ardido cerca de 400 metros quadrados, no primeiro caso, e uma área diminuta no segundo.

Num comunicado ontem divulgado, a PJ de Coimbra esclarece que o suspeito “usou chama direta para colocar os incêndios”.

Ao DIÁRIO AS BEIRAS fonte da PJ disse que o homem, é suspeito de ter colocado “um incêndio em Carnide”, nas proximidades do local onde reside, tendo usado um isqueiro ou um fósforo, no dia 18 de julho, pelas 14H10. As autoridades ainda apuram de que forma foi ateado o fogo. As chamas foram rapidamente extintas e apenas ardeu floresta.

Versão completa na edição impressa

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.