Docentes do IPC lideram o projeto Erasmus+

Posted by
Luís Carregã

Luís Carregã

O Instituto Politécnico de Coimbra (IPC) venceu o projeto de ação 2 – Erasmus Capacity Building, no âmbito do programa Erasmus +, no valor de 879.650 mil euros, que envolve um conjunto de docentes desta instituição. Este projeto começa a ser desenvolvido já em setembro.
Contribuir para a qualidade do ensino é o objetivo deste projeto. “Considero que é de extrema importância a instituição continuar a afirmar-se, conquistando projetos internacionais que envolvam outras instituições de ensino superior, é uma forma clara de mostrar a nossa qualidade”, considera Nuno Ferreira, vice-presidente do IPC. Nuno Ferreira acrescenta, no entanto, que é “necessário que mais docentes se envolvam neste tipo de ações trazendo mais benefícios para os nossos alunos e para a instituição”.
Para além disto, o Politécnico dispõe, este ano, de um financiamento do Erasmus+ no valor de 466.952,36 euros, bem como o bem como o financiamento ICM (International Credit Mobility of Individuals) para o Consórcio Erasmus, de 87.347 mil euros.
“Com o aumento para este ano de 82.522 mil euros, vai permitir que mais estudantes das diversas unidades orgânicas do IPC possam participar neste programa”, esclarece Nuno Ferreira.
Questionado sobre se o valor recebido do programa é suficiente ou não para todas as solicitações, Nuno Ferreira responde que “nunca é suficiente”. Porém, o vice-presidente desta a importância dos estudantes perceberem que “este programa é uma fantástica oportunidade, onde podem ter o primeiro contacto internacional, quer de estudos quer de estágio, que lhes vai permitir abrir muitas portas no futuro, nomeadamente até na procura de emprego”.

Notícia completa na edição impressa de hoje

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado.

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.