4 famílias de Coimbra para acolher crianças guineenses

Posted by
FOTO DR

FOTO DR

A Fundação João XXIII lançou um apelo, através das redes sociais, para arranjar quatro famílias conimbricenses dispostas a receber crianças guineenses com problemas cardíacos. Os menores viajam, no próximo mês, até Portugal com o objetivo de realizar tratamentos médicos.

Apesar de outras unidades de saúde irem receber, também, estas crianças, a fundação quer escolher já quatro famílias que, a partir do próximo mês, possam receber igual número de crianças. São elas: o Sena, o Abubacar, o Neco e o Samba.

Versão completa na edição impressa

2 Comments

  1. Luisa R de Carvalho says:

    António
    Muito obrigada pela divulgação da inicitaiva. Em Coimbra disponibilizaram-se 76 famílias para acolher crianças doentes em resposta ao apelo da Fundação João XXIII/Casa do Oeste.
    Mas, as respostas vieram de todo o país, até ao final de Agosto foram 404 as resposta o que nos leva a pensar em outras formas de agir.
    As crianças doentes da Guiné Bissau que recebemos chegam a Portugal para tratamento médico através do Acordo de Cooperação no âmbito da saúde estabelecido entre os dois países. Estão isentas de pagamento mas são poucas as que recebemos, 8 em quase dois anos.
    Será que, o sistema de saúde privado poderia responder a algumas das crianças doentes, talvez até casos mais leves, durante o nosso verão, e assim corresponder à disponibilidade de tantas famílias?

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.