Tribunal de Cantanhede recupera competências na família

Posted by
FOTO DB/LUÍS CARREGÃ

FOTO DB/LUÍS CARREGÃ

A partir de janeiro do próximo ano, o Tribunal de Cantanhede volta a ter competências no segmento de família e menores. A notícia foi revelada por Helena Mesquita Ribeiro, secretária de Estado Adjunta e da Justiça, que participou ontem na sessão solene do dia do feriado municipal de Cantanhede.

João Moura, presidente da Câmara Municipal de Cantanhede, aproveitou a presença da secretária de Estado com a pasta da justiça para insistir na importância da recuperação das competências do Tribunal de Cantanhede, que detinha antes da reforma implementada pelo anterior Governo.

“Como sabe, alimentamos a expetativa da reversão do atual estatuto do Tribunal de Cantanhede, que ficou resumido a instância local com uns quantos processos de competência genérica, desdobrada em cível e criminal, situação tanto mais incompreensível quanto se sabe que o tribunal dispõe de muito boas instalações”, disse o autarca.

One Comment

  1. Zé da Gândara says:

    Será que eu li bem? Então não é que me parece que o Sôdôtôr Moura se atreveu a criticar a obra dos jihadistas do Governo do Steps Bunny e do Paulinho das Feiras?
    Será que não se trata de falta de solidariedade clubistica?
    Será que o Sôdôtôr Moura quer ser expulso do partido (em risco de fragmentação)?
    Sôdôtôr Moura, se ainda não se apercebeu, consta-se que no seu partido não existe o chamado centralismo democrático como existe no PCP mas também não deixa de ser verdade que a democracia no seio do seu partido, tem um significado derivado de alguma interpretação pessoal não mainstream… Que o digam o António Cachucho (perdão, António Capucho) e todos aqueles ditos "militantes" que estiveram ao lado de outras candidaturas nas últimas autárquicas que não aquelas que foram indicadas pelo partido (em fragmentação)… Tenha cuidado com a cúpula do partido, Sôdôtôr Moura… Quem o avisa, seu amigo é… Olhe que um dia destes ainda alguém veste a pele de Litvinenko…

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.