Só com mais enfermeiros é que haverá melhores cuidados de saúde

Posted by
Luís Carregã

Luís Carregã

A presidente da Escola Superior de Enfermagem de Coimbra (ESEnfC), Maria da Conceição Bento, afirmou este sábado que é importante “que quem decide não esqueça que produzir cuidados de saúde mais baratos é produzi-los com qualidade e não haverá qualidade em saúde se os cidadãos não puderem dispor de cuidados de enfermagem necessários para responder às necessidades básicas em saúde”. As palavras foram proferidas durante a cerimónia solene de encerramento do curso de licenciatura em Enfermagem, que teve lugar no Pavilhão Multidesportos Mário Mexia, e onde foram entregues as insígnias aos 256 novos diplomados da escola.
No discurso, Maria da Conceição Bento defendeu a dotação dos serviços de saúde, “particularmente os cuidados de saúde primários do número de enfermeiros necessários para garantir cuidados seguros e atuar aos diferentes níveis de prevenção, mudando progressivamente de um sistema centrado na doença para um sistema preocupado com a promoção de saúde e bem-estar”.
Esta intervenção serviu para a presidente da ESEnfC fazer uma previsão dos cuidados de saúde para daqui a 30 anos. Apesar desse exercício ser difícil, devido à “evolução social, política, demográfica e epidemiológica”, Maria da Conceição Bento fez questão de alertar os mais novos licenciados da escola para que estejam preparados “continuamente para lhes dar resposta, bem como agir socialmente de modo a contribuir para a construção de políticas globais e de saúde que garantam às pessoas o acesso aos cuidados de saúde que necessitam”.

Notícia completa na edição impressa de hoje

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.