Expofacic é inaugurada hoje

Posted by
DR

DR

Considerada a maior feira de atividades do país, a Expofacic – Feira Agrícola, Comercial e Industrial de Cantanhede abre hoje portas. Paulo Ferreira, secretário de Estado Adjunto e do Comércio, marca presença na cerimónia de inauguração, que está agendada para as 17H00. O certame termina a 7 de agosto.
A comissão organizadora da feira põe à disposição dos visitantes um conjunto de serviços para que estes possam aproveitar o certame com toda a segurança e tranquilidade. O Expofacic Bus, o acampamento ocasional, wifi gratuito, estacionamento grátis e vigiado, e a aplicação mobile da Expofacic são alguns dos serviços que estão disponíveis.
Ao longo de 11 dias, são esperados milhares de visitantes.
O serviço Expofacic Bus inclui cinco linhas a partir de Aveiro, Coimbra, Águeda, Figueira da Foz/ Praia da Tocha e Praia de Mira em três horários diários. Trata-se de uma boa opção para quem não tem transporte próprio ou para quem quer deslocar-se em segurança sem a preocupação da condução e do estacionamento. Durante os 11 dias do evento, por apenas 1,20 euros a viagem, o Expofacic Bus assegura transporte a quem o pretender apanhar ao longo desses percursos, com partidas às 19H00, 20H00 e 21H00 e regresso às 01H45, 03H00 e 05H00. Os bilhetes são adquiridos no momento, dentro do autocarro. Todas as paragens estão identificadas com banners, e a localização das mesmas, bem como toda a informação, está disponível no site www.expofacic.pt.
O acampamento ocasional, que foi tal como o Expofacic Bus um sucesso no ano passado, localizado na Quinta da Fonte de D. Pedro, tem a capacidade para 500 campistas. O parque situa-se bem perto do recinto da feira e tem todas as condições adequadas, desde instalações sanitárias, eletricidade, churrasqueiras e segurança. Este espaço responde às necessidades dos visitantes que querem ficar vários dias e aproveitar todas as oportunidades de animação da Expofacic. As reservas devem ser feitas para e-mail geral@agr382.cne.escutismo.pt.

Notícia completa na edição de impressa de hoje

2 Comments

  1. Zé da Gândara says:

    Eu já andei por algumas feiras internacionais dignas desse nome e não vi este triste espectáculo… Normalmente, para essas feiras, trazem-se para as ditas feiras compradores internacionais e normalmente, quem trata disso são os expositores, vedando-se até a participação aos curiosos e reformados que mais nada têm para fazer para passar o tempo e que se entreteriam a moer o juízo a quem está na feira para vender e não para dinamizar actividades para públicos geriátricos… Neste caso, vão-se buscar os aldeões todos para encher o recinto para depois se apregoar um sucesso sem comparação possível… Via-se disto a rodos nos tempos da Velha Senhora (por exemplo, quando foi inaugurado um dos molhes do Porto da Figueira da Foz, o Bissaya Barreto disponibilizou autocarros para a populaça ir fazer uma vénia ao Presidente do Conselho), na União Soviética e também recentemente quando se constituíram empresas para ajudar a encher audiências em comícios políticos onde aparecem cidadãos tipicamente Portugueses de turbante e barba de sikh…

  2. Convidado says:

    Grande Zé da Gândara, tem toda a razão.
    Um abraço para o grande causídico, Licas, de seu nome!

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.