Coimbra recebeu especialistas de oftalmologia em debate sobre cirurgia a laser às cataratas

Posted by

joaquim murta

A cirurgia a laser às cataratas em oposição ao método tradicional e outros avanços da área da oftalmologia estiveram hoje em debate numa reunião científica, em Coimbra, que reúne especialistas portugueses e espanhóis.

Joaquim Murta, coordenador da unidade de oftalmologia da Idealmed, unidade privada de saúde que recebeu o encontro promovido por uma multinacional norte-americana de cuidados de saúde visual, disse que a abordagem da cirurgia às cataratas, hoje, “é completamente diferente do que era há 10 anos”.

“Era uma cirurgia em que se tirava o cristalino que estava opaco e introduzia-se uma lente intraocular. Hoje em dia é muito mais do que isso”, frisou, explicando que para além da correção da patologia que impede a visão de forma total ou parcial, as técnicas cirúrgicas aliadas a tecnologias como o laser permitem tratar pacientes com miopia (dificuldade em ver ao longe), hipermetropia (dificuldade em ver ao perto) ou astigmatismo (imagens desfocadas, quer ao perto quer ao longe).

“Permite centrar melhor as lentes, os resultados são melhores, as pessoas veem menos halos, têm menos deslumbramento à luz, é uma tecnologia diferenciada”, disse.

No entanto, ainda só é possível em Portugal em unidades de saúde privadas: “Cá em Portugal não existe em nenhum hospital público”, revelou Joaquim Murta.

Questionado sobre os custos das cirurgias associados à tecnologia laser, não os indicou diretamente, mas frisou que o encontro de hoje também serve para a indústria “perceber que não se podem subir os preços destas cirurgias exageradamente porque depois só algumas pessoas têm acesso”.

 

Toda a informação na edição impressa de amanhã, 9 de julho, do DIÁRIO AS BEIRAS

One Comment

  1. Estes também acham que ganham pouco no SNS !!!!!!

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.