Opinião – Terceiro mundo

Posted by
Daniel Santos

Daniel Santos

Segundo a definição encontrada na wikipédia, o conceito de “terceiro mundo” serve simplesmente para definir os países em desenvolvimento e subdesenvolvidos, ou seja, os que possuem uma economia ou uma sociedade pouco ou insuficientemente avançadas. É porém uma expressão muitas vezes utilizada domesticamente para sublinhar a ausência de organização, o desinteresse, a aceitação do caos.
Apesar de ter dedicado a última crónica ao Cabedelo, local para onde estão prometidos investimentos públicos e privados com vista a potenciar as excelentes condições para a fruição da praia e do mar, não resisto a sublinhar a necessidade urgente de tomar as medidas imediatas, que não só deverão minimizar constrangimentos antigos, como ainda poderão contribuir para a clarificação do programa de intervenção prometido.
O fim-de-semana passado foi um verdadeiro caos no local: A via de acesso e a praça pintor Mário Silva encontra-se atapetada de areia; o estacionamento no local é caótico; o trânsito quase se faz num único sentido; o parque habitualmente disponibilizado pela Autoridade Portuária encontrava-se vedado a cadeado; os passadiços estão impraticáveis, não permitindo a fruição e a acessibilidade pedonal entre a praia do hospital e o Cabedelo. Muitos visitantes, por impossibilidade de estacionamento em qualquer dos parques, acabaram por regressar. Quem fica com vontade de lá voltar?

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.