Opinião – Oliveira do Hospital. Uma agradável surpresa!

Posted by
Hélder Rodrigues

Hélder Rodrigues

1. Um Hotel à beira do Alva

No sábado passado, de manhã, arranquei de Coimbra em direcção a Oliveira do Hospital. Iniciava assim um longo e complexo périplo de Verão para a apresentação do Livro “Coimbra. Cidade universitária da Lusofonia” pelos mais variados locais do país. Que lhes vai falar de Coimbra, da Universidade, da Academia envolvido num abraço de amizade e afecto!

Oliveira do Hospital, sede de Concelho do Distrito de Coimbra, uma cidade de rosto humano foi, para mim, um bom começo e uma agradável surpresa! E vou contar-vos porquê!

A conselho de amigos escolhi para pernoitar, um hotel novo, moderno, pequeno e familiar nas margens do Rio Alva (esse bonito afluente do Mondego). Rodeado de espaços verdes, a um quarto de hora de Oliveira do Hospital, foi uma escolha acertada!

Na recepção fui acolhido pelo director, um jovem de Coimbra que ali foi encontrar, em ambiente idílico, a realização dos seus sonhos profissionais! Sem esquecer Coimbra, onde nasceu, já se considera um filho da terra, disposto a lutar pelo futuro desta Região que o acolheu de braços abertos, e ele adoptou para viver!

2. Nem uma semana chega para desfrutar de tudo o que há!

Feito o “checkin” diz-me que posso tomar todas as refeições no Hotel tendo à escolha comida internacional ou regional. Nesta não faltará o tradicional queijo da serra, o cabrito assado no forno, as papas de carolo, o vinho da Região! Fiquei convencido!

Diz-me que o queijo da serra, uma marca da região, é produzido em queijarias certificadas, sendo a mais afamada a de Ervedal da Serra. Inclusive há uma Feira anual de queijo da serra, em Oliveira do Hospital, que atrai gente de todos os lados inclusive do estrangeiro.

Pergunto-lhe o que há para ver na região. Abre os braços e exclama: -Tudo! Tudo aquilo que quiser! E perante o meu espanto traz-me um calendário das muitas feiras mensais e anuais do Concelho; do Livro, de Gostos e sabores, dos Pinhões, de S. Brás, da Senhora da Estrela, etc..

E puxando dum conjunto de percursos e roteiros fala das praias fluviais, das aldeias do xisto, do cobre e do latão, do Património cultural, do religioso e do ambiente! Remata em jeito de conclusão:- Nem uma semana chega para desfrutar de tudo o que há para ver aqui!

Tenho que vir cá mais vezes e com vagar, digo-lhe eu encantado, perante o entusiasmo dele em apregoar as excelências da região.

3. Oliveira do Hospital e a sua região, uma agradável surpresa!

A meio da tarde, arranco para Oliveira do Hospital. Tenho à minha frente uma cidade nova, limpa e arejada que está em festa! Marchas com fanfarra dos Bombeiros que comemoram o aniversário com pompa e circunstância. Final da Taça de hóquei em patins feminino (com a Académica, finalista) no pavilhão desportivo. Inauguração da Feira do Livro no Mercado Municipal.

Dizem-me que o Desporto é Rei na Região (Futebol, Basquetebol, Hóquei em Patins, por esta ordem). Dizem-me que o motor económico são a Agricultura e o Têxtil que dão emprego a muita gente!

Dizem-me que muitos nacionais e estrangeiros a visitam e, cansados das vidas frenéticas das grandes cidades, são seduzidos pela vida simples e genuína que aqui encontram, em contacto com a natureza, e vêem para cá viver! Oliveira do Hospital e a sua Região, foi para mim, uma agradável surpresa! Mas o melhor estava para vir!

One Comment

  1. Sérgio Correia says:

    Ervedal da Serra não existe, que eu saiba em Ervedal da Beira não existem queijarias e muito menos certificadas, talvez se quisesse referir a Vila Franca da Beira.

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.