Opinião – Com (tenção)!

Posted by
Isabel Maranha Cardoso

Isabel Maranha Cardoso

Na semana passada escrevi sobre a possibilidade de aplicação de sanções sobre o não cumprimento do défice em 2015 e classifiquei o estilo das declarações de Bruxelas de “cada cabeça sua sentença”.

Ora esta semana tenho de retomar o tema.

Assistimos às declarações do Presidente da Presidente da Comissão Europeia – Jean-Claude Juncker, que quando questionado sobre as medidas de excepção aplicadas ao Estado francês em relação ao défice (devido às elevadas despesas em matéria de segurança) disse – “Porque é a França”!

Mas, com espanto, assistimos posteriormente às declarações de Dijsselbloem, ministro das Finanças holandês e presidente do Eurogrupo, assumindo um afrontoso ataque às declarações de Junker por este assumir tratamento especial para a França, afirmando que a CE seria “mais inteligente” se prestasse mais atenção “à sua própria credibilidade”, queixando-se também da “politização” das decisões relacionadas com os orçamentos.

Afinal que órgão é o Eurogrupo? Nenhum! Não existe nos tratados! É um grupo de carácter informal, constituído pelos Ministros das Finanças dos Países que aderiram à moeda única. Já a CE é um órgão formal, colegial e político, cujo Presidente é nomeado pelos dirigentes nacionais (chefes de Estado dos países da UE), com a aprovação do Parlamento Europeu.
Ora digo eu a “a europa” não precisa de “tensões” entre protagonistas formais e informais. Haja com(tenção)!

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado.

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.