Opinião – Coimbra está a mexer! Casa da Cultura, um caso de sucesso

Posted by
Hélder Rodrigues

Hélder Rodrigues

1. Coimbra está a mexer!

Coimbra está a mexer! O Estatuto de Património da Humanidade está a dar os seus frutos, dando razão aos que acreditavam, surpreendendo os que punham reticências. Foi uma semente que vingou! Gradualmente, uma sementeira a espalhar-se por toda a cidade e região.

Nuns casos mais complexos e estruturantes a transformar-se em raizes promissoras, outros de complexidade média em caules poderosos e folhas verdes de esperança, noutros mais imediatos em flores vistosas e frutos suculentos, que tornam a cidade melhor e mais feliz!.

Coimbra transforma-se assim, a pouco e pouco, num imenso jardim onde aqueles que aqui vivem e trabalham, cultivam de forma isolada ou em grupos, o seu canteiro, o seu pedaço de terra e de liberdade conquistado a pulso através de trabalho sério, de vocações colocadas ao serviço da cidade, de ideais que se vão tornando realidades!

Coimbra está a mexer! A população começa a ver resultados e a acreditar! Dentro de meia dúzia de anos, se o ritmo não abrandar, a cidade estará completamente diferente. Mais moderna, atractiva, acolhedora, revendo-se no seu designativo “Cidade universitária da Lusofonia”.

Coimbra está a mexer! E isso torna a população mais motivada!

2. A Casa da Cultura. Como se estivéssemos em nossa casa!

Hoje é segunda feira, saio para a rua, quero ir ao encontro de casos de sucesso, e dar-vos conta daquilo que de bom está a acontecer nesta cidade todos os dias! Da existência de muitas pessoas que nunca aparecem nos órgãos da comunicação, mas estão a realizar este imenso trabalho.

Dirijo-me à Casa da Cultura, ali mesmo ao cimo do Jardim da Sereia. A Casa da Cultura é um exemplo notável de cidadania ao assumir-se como Centro de difusão de conhecimento e cultura aberto a toda a população, praticamente sem custos para esta.

Logo à entrada sou recebido com a simpatia habitual da Conceição, do Vítor e da Isabel, que sorridentes nos convidam a entrar, a estar à vontade, como se estivéssemos em nossa casa!

3. O maravilhoso ia acontecer!

Olho à volta do espaçoso hall. Placards anunciam muitas das inúmeras actividades artísticas e culturais que se realizam na cidade, praticamente todos os dias; Festas da Flor e do Artesanato Urbano, exposições de pintura, ciclos musicais, festivais de dança e de cinema, seminários, conferencias e tertúlias. Coimbra faz jus ao seu designativo de cidade do conhecimento e da cultura! Só quem está distraído é que não reconhece isto!

Pouca gente sabe em que consiste a Casa da Cultura, e eu próprio só o vim a saber agora, ao procurar recolher informações para vos escrever esta Crónica que aqui vos deixo. Fiquei surpreendido!

A Casa da Cultura está organizada em áreas; Biblioteca Municipal, Arquivo Histórico e Divisão de Cultura e Turismo. A Biblioteca para alem das suas funções de leitura e empréstimo de livros tem ali, naquele espaço, os serviços da Imagoteca, Audiovisuais, Braille, História da Cidade, Biblioteca Infantil, Livro Antigo. No exterior desenvolve actividades a nível do Concelho com as Bibliotecas Anexas e o Bibliomóvel.

A Divisão de Cultura e Turismo programa e prepara eventos culturais e turísticos no exterior, que a cidade bem conhece. De repente olho em frente e vejo: “Exposição UC, Alta e Sofia, Património Mundial da Humanidade. Mostra de trabalhos plásticos dos alunos da Rede de Bibliotecas de Coimbra”. Dirijo-me para lá. O maravilhoso ia acontecer!

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.