Museus atraem milhares a Belmonte

Posted by
FOTO DR

FOTO DR

A Rede Municipal de Museus de Belmonte tem-se afirmado, ao longo dos anos, como uma oferta cultural de relevo, que contribui para dinamizar esta vila histórica no distrito de Castelo Branco e para atrair milhares de visitantes à região.

No topo das preferências estão o Museu Judaico, com particular enfoque na Comunidade Judaica de Belmonte que se mantém na vila desde há séculos, e o Museu dos Descobrimentos, inaugurado em 2009 e que está centrado na viagem marítima e na descoberta do Brasil por Pedro Álvares Cabral, que nasceu em Belmonte.

O Ecomuseu do Zêzere, o primeiro museu da rede a ser inaugurado, em 2001, o Museu do Azeite (2005) e o Centro de Interpretação da Igreja de Santiago (2008), que inclui o Panteão dos Cabrais, completam a rede.

“Apostamos seriamente na componente turística e os nossos museus são essenciais para a promoção e divulgação de Belmonte. É por isso que queremos melhorá-la e renová-la”, afirma o presidente da Câmara Municipal de Belmonte, António Dias Rocha.

Na calha está já a renovação do Museu Judaico, que abriu em 2005, num investimento de cerca de 300 mil euros que deverá dotar aquele núcleo museológico com novos conteúdos, tecnologias e temáticas, bem como com uma sala inteiramente dedicada ao criptojudaísmo.

Entre os projetos está ainda a recuperação das salas museológicas do Castelo de Belmonte e a criação de um espaço interpretativo para Centum Cellas (ruínas romanas que são monumento nacional), que, a curto prazo, devem passar a fazer parte da rede.

“Continuamos a trabalhar arduamente para reforçar a nossa oferta, até porque ela contribui para a dinamização do concelho e da região”, afirma.

António Dias Rocha também realça que esta é uma “oferta cultural muito diferenciadora”, que desempenha ainda um importante papel na preservação da realidade e história local e nacional.

4 Comments

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado.

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.